Central de Informações
(53) 21288269
nada encontrado

Checklist para não errar na escolha do curso

Em dúvida sobre qual curso escolher? Conversamos com a professora e psicóloga da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Rosane Feijó, e preparamos um checklist para ajudar você nessa escolha da sua profissão.

1. Autoconhecimento

faculdade-autoconhecimento-curso-escolha-ucpel
Foto: Pexels

Lembra do velho Sócrates? “Conhece-te a ti mesmo”! Esse é o ponto inicial para quem está na fase de decidir a carreira profissional e continuará sendo algo importante em sua jornada profissional. As pessoas amadurecem, mudam de ideias ao longo do tempo e essa decisão acaba tendo um peso imenso, já que você não sabe como será a vida daqui a cinco anos. Como decidir o curso certo sem me arrepender depois?

Vamos desviar um pouco desse problema e pensar nas suas habilidades, nas coisas que você gosta e se sente bem fazendo. Faça uma lista delas e pesquise sobre as áreas onde poderia desenvolver essas aptidões. Filmes, livros, hobbies, tudo é importante para identificar suas principais características.

Se não souber o que você gosta, tente pensar no que você não gosta. Essa também pode ser uma forma de encontrar o seu caminho.

2. Se imagine na profissão

profissao-universidade-ucpel
Foto: Shutterstock

Faça um exercício de futuro: se visualize exercendo aquela atividade. Pense na rotina e nas particularidades de cada profissão. Em que horários você trabalhará? Será ao ar livre ou em local fechado? Que roupa utilizará no seu dia a dia?

3. Converse com profissionais

Foto: Pexels

Depois de fazer uma pesquisa sobre o curso de interesse, tente conversar com alguns profissionais que já atuam na área. Converse sobre a rotina de trabalho, sobre pontos positivos e negativos. É importante que você tenha uma ideia clara, fora daquela linha romantizada sobre a profissão.

4. Evite pensar somente na remuneração

dinheiro-profissao-universidade-ucpel
Fonte: Pexels

Você vai desempenhar essa atividade todos os dias e precisa ter apreço por ela. Ser bem remunerado, mas odiar ir para o trabalho todos os dias pode acabar com a sua saúde. Claro que vivemos em um mundo real onde dinheiro importa para muitas coisas, mas tomar isso como base e ignorar todos os outros sinais de que você não será feliz nessa profissão pode pesar mais em sua vida no futuro.

5. Pesquise sobre o mercado

mercado de trabalho-faculdade-ucpel
Foto: Pexels

Pensar somente na remuneração não é garantia de que você vai ser feliz na carreira escolhida, mas isso não impede que você faça uma boa pesquisa sobre a colocação no mercado de trabalho, principalmente se essa for a sua principal fonte de sustento. Você precisa ter clareza sobre suas expectativas e definir suas prioridades. Acesse aqui para saber como o mercado recebe os alunos formados na UCPel.

6. Evite influências externas

Procure a sua felicidade! Os conselhos de amigos e familiares são importantes, mas não podem determinar a sua escolha. Você pode escutar o que cada um deles tem a dizer, mas crie o seu próprio filtro. Faça o que é bom para você!

7. Se necessário, procure orientação

Carreiras-profissao-universidade
Foto: divulgação

A prova de que você não está sozinho nessa dúvida é que existem diversos profissionais focados em orientação vocacional. Por que não procurar ajuda nessa hora?

A Universidade Católica de Pelotas (UCPel) tem um teste vocacional gratuito disponível no blog e realiza anualmente o Projeto Escolha Certa. A ação auxilia estudantes do Ensino Médio a conhecerem áreas de atuação profissional e também apresenta a estrutura da Universidade. Se você ainda está na dúvida de qual curso escolher, baixe aqui o Guia de Profissões da UCPel.

 

Baixe nosso Guia de Profissões e conheça todas os cursos ofertados

 

Comenta aí

© Copyright 2017 Blog da UCPel