Central de Informações
(53) 21288269
nada encontrado

Pesquisas da UCPel ficam entre as 50 melhores em Congresso Mundial

Duas pesquisas realizadas no Programa de Pós-Graduação em Saúde e Comportamento da Universidade Católica de Pelotas (PPGSC/UCPel) foram destaque no Congresso Mundial sobre Cérebro, Comportamento e Emoções. Os trabalhos estão entre os 50 melhores na área e terão seus resumos publicados no periódico Dementia & Neuropsychologia.

congresso-ucpel-psicologia

Um dos estudos, fruto da dissertação de mestrado de Letícia Dallmann, procurou compreender se fatores genéticos podem afetar a resposta terapêutica de pacientes com depressão maior. O resultado demonstrou que a reposta à psicoterapia, observada pela redução dos sintomas de depressão e ansiedade, depende de uma variante genética do gene CRHR1.

Acadêmica do curso de Farmácia, Karoline Brizola Souza.

Na pesquisa, foram avaliados 120 indivíduos diagnosticados com depressão maior e submetidos ao tratamento com psicoterapia breve.

“Os resultados do estudo são promissores, uma vez que isso possibilita o tratamento personalizado ao identificar pacientes que não apresentam eficácia à terapia. A pesquisa vai ao encontro com estudos em farmacogenética, os quais promovem um tratamento farmacológico personalizado de acordo com características genéticas”

Coordenadora do PPGSC, professora Gabriele Ghisleni

O trabalho foi apresentado pela acadêmica do curso de Farmácia Karoline Brizola Souza no evento realizado em Porto Alegre. Cerca de 5 mil participantes entre neurocientistas, neuropsicólogos, psiquiatras e outros profissionais de áreas afins estiveram presentes.

Depressão em pacientes com hepatite C crônica

O outro estudo que obteve destaque foi parte da tese de doutorado de Elza Cristina Cunha. O trabalho é sobre depressão em pacientes com hepatite C crônica.

O estudo mostrou que pacientes com determinada mutação no gene da interleucina-28ß possuem um aumento nos sintomas da depressão como culpa, agitação e irritabilidade, também previamente associado com alterações no sono e apetite.

A identificação de que os sintomas da depressão podem ser exacerbados pela variante do gene é de grande relevância. O cenário atual mostra uma alta prevalência de depressão em pacientes com hepatite C crônica ao longo do tratamento com Interferon se comparado com a população em geral. Esse estudo fornece uma ferramenta para melhor diagnosticar e acompanhar o tratamento destes pacientes.

A estudante do curso de Medicina, Nathalia Xavier, foi a responsável pela apresentação do trabalho no Congresso. Ambos os trabalhos foram orientados pela professora Gabriele Ghisleni.

Psicologia: estudo sobre o abandono de terapia

O curso de Psicologia da UCPel também foi destaque no Congresso Brain 2017  devido à pesquisa que procurou entender quais são os fatores responsáveis pelo abandono de terapia por pessoas com depressão.

O estudo conduzido por acadêmicos da UCPel pesquisou os fatores associados ao abandono de terapia por pacientes diagnosticados com transtorno depressivo maior.  A taxa de abandono apontada pela pesquisa foi de 41.9%. O maior índice foi identificado entre as mulheres, devido à realização de tarefas simultâneas de estudo ou trabalho no momento da psicoterapia. Ter filhos e pertencer às classes socais D e E também foram fatores que incentivaram a desistência.

“É importante ao psicólogo clínico se atentar aos dados encontrados no estudo e os pacientes estarem dispostos a uma comunicação clara e resolutiva com seus terapeutas, para assim se evitar o abandono”

Professor Luciano Souza

Participaram da pesquisa 252 pessoas portadoras do transtorno depressivo. Elas foram divididas em dois grandes grupos e tratadas através da Terapia Cognitivo-Comportamental e Psicoterapia Dinâmica Suportiva-Expressiva. Para coletar os dados, foram realizadas entrevistas utilizando testes psicológicos.

Incentivo à pesquisa

Uma das vantagens em estudar em uma universidade está no incentivo à participação em projetos de pesquisa. Esse é um passo importante para quem futuramente deseja seguir a carreira acadêmica.

Muitas pesquisas desenvolvidas pelo programa de pós-graduação da UCPel oferecem oportunidades para estudantes que ainda estão na graduação. Um desses exemplos você pode conferir neste post aqui sobre a pesquisa da Católica em parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates.

Inscreva-se no vestibular da UCPel

Comenta aí

© Copyright 2017 Blog da UCPel